Wat Sri Suphan, conhecido com o templo de prata, foi fundado por volta do Século XVI e caracteriza-se por estar, quase integralmente, coberto por prata. Isto está relacionado com o facto de ter sido construído como o templo principal de uma vila de artesãos de prata.

A ornamentação deste templo é singular, tanto em Chiang Mai como na Tailândia, fazendo, sem dúvida, valer a pena a visita. Nas paredes podemos encontrar murais alusivos a lendas Budistas, onde é fácil perder algum tempo a imaginar o que elas representam.

Wat sri suphan cc Photo Dharma httpscreativecommons.orglicensesby2.0legalcode

Para além disso, podemos, ainda, participar na conversas dos monges sobre mediação, abertas ao público entre as 19 e as 21h. Aqui, qualquer pessoa pode colocar questões, podendo tornar-se uma experiência muito interessante. Este tipo de contacto, com a cultura religiosa do país, nem sempre é promovida de forma tão aberta. Isto faz deste templo um local especial para aqueles que, nas suas viagens, procuram envolver-se com o lado mais genuíno do país que visitam.

Existem também vários ateliers onde podemos ver como os artesãos a trabalham a prata.

O grande senão deste templo, e a razão pela qual não sentimos que deva ser altamente recomendado, é o facto que,  às mulheres,  o acesso ao seu interior não é permitido.

Site Oficial: Wat Si Suphan

Preço de entrada:

  • Podemos visitar Wat Sri Suphan de forma gratuita mas donativos os donativos são bem vindos.

Horário:

  • A entrada no templo é permitida entre as 6 da manha e as 9 da noite.

Localização e como chegar a Wat Sri Suphan:

  • O templo fica no exterior da muralha da cidade velha,  na rua Wua lai, perto mercado de rua Wua lai, sendo fácil chegar lá

Segue-nos nas redes sociais

Booking.com