A Lagoa das Furnas em São Miguel faz parte de um trio a não perder para quem visita a ilha. Apesar de menos conhecida ou popular do que a Lagoa das Sete Cidades ou a Lagoa do Fogo, a Lagoa das Furnas possui encantos muito próprios, que constituem um convite irresistível quando exploramos esta zona da ilha açoreana.

O incontornável verde luxuriante, as fumarolas onde se prepara o cozido e a bela Capela de Nossa Senhora das Vitórias, são apenas alguns dos apelos de um local único e a não perder.

lagoa das furnas em são miguel

A uma altitude de 600 metros, este corpo de água repousa numa formação vulcânica adormecida desde o século XVII, que tem muito para explorar. Desde  simplesmente contemplar a beleza natural envolvente, a percorrer trilhos ou a visitar o  Centro de Monitorização e Investigação das Furnas.

Veja também: Lagoa das Sete Cidades Ilhéu de Vila Franca, um paraíso que ninguém deve perder…

As fumarolas das Lagoa das furnas em São Miguel

Numa das suas margens, perto do parque de estacionamento, encontramos as incríveis caldeiras e fumarolas que dão um carater único ao, também ele incrível, cozido das furnas. No local, é possível perceber onde são colocados os tachos que, mais tarde, são servidos nos restaurantes das proximidades. As panelas são enterradas bem cedo e permanecem ali durante meia dúzia de horas, antes de voltarem a ser desenterradas, para serem servidas à hora de almoço.

Estas caldeiras, em constante ebulição de águas que chegam aos 90º, libertam vapores que ao se misturarem com o verde somam misticismo e beleza à paisagem. No entanto, apesar de devidamente sinalizadas, representam um perigo que deve ser considerado, principalmente por quem tem crianças à sua responsabilidade.

Fumarolas das lagoa das furnas em são miguel

A Capela de Nossa Senhora das Vitórias na Lagoa das Furnas

Esta construção dos século XIX, diga-se à partida, parece bem mais antiga. Imponente, no meio da natureza, é de facto um edifício muito belo. A construção desta capela neogótica foi motivada por uma promessa de José do Campo, cuja crença o fazia acreditar que a doença da sua mulher podia ser resolvida com este ato de fé. Hoje ambos repousam na capela que, naturalmente, se acabou por tornar o mausoléu de ambos.

capela de nossa senhora das vitórias na lagoa das furnas em são miguel

O Centro de Monitorização e Investigação das Furnas

Este centro na Lagoa das Furnas em São Miguel, ajuda-nos a compreender a história geológica do complexo vulcânico das Furnas, assim como todo o trabalho de proteção e recuperação do ecossistema e paisagem locais.

Horários:

  • Entre abril e outubro, pode ser visitado todos os dias entre as 10 da manhã e as 6 da tarde.
  • De novembro a março, pode ser visitado entre as 10 da manhã e as 5 da tarde, embora encerre às segundas.

Preços:

  • Crianças até 6 anos e residentes: gratuito
  • Crianças de 7 a 14 anos e seniores, com mais de 65 anos : 1,50€
  • Adultos: 3€

O trilho: da vila até à lagoa das furnas

Para aqueles que gostam de explorar caminhando, existe um trilho com cerca de 10 kms que podemos percorrer. É uma forma alternativa de explorar a zona, sem dúvida mais imersiva.

O trilho, que a bom ritmo pode ser feito em 3 horas, inicia-se no Largo das Bicas, próximo do Parque Terra Nostra, e guia-nos através de sinalética por um percurso que inclui passagens por locais como:

  • Igreja de Santana
  • Poça da Dona Beija
  • Pico do Milho
  • Lagoa das Furnas
  • Ermida de Nossa Senhora das Vitórias
  • Mata Jardim José do Canto
  • Centro de Monitorização e Investigação das Furna
  • Caldeiras e fumarolas
  • Miradouro Pico do Ferro

Se houver vontade,  faça o download do folheto do trilho.

Parque da Grená

Este local é indicado para os amantes da natureza que ainda não tenham saciado o seu apetite por verde e ar puro.

Depois de adquirido pelo Governo Regional, a zona correspondente ao Parque da Grená, antiga propriedade de um consul inglês, foi recuperada e preparada para receber visitantes. O verde, a que por esta altura já nos estamos habituados, conjuga-se com cursos de água, passadiços, um jardim e um palacete, para nos convidar a mais um mergulho num cenário feito de natureza e, neste caso, também de história.

É mais um dos apelos da Lagoa das Furnas em São Miguel, que podemos visitar por 10€, à excepção das crianças até 10 anos, cuja entrada é gratuita. Ora, a questão é se aquilo que acrescenta ao que já vimos justifica o preço do bilhete.

Horário

  • Época alta, entre junho e setembro: das 9.30 às 18 horas
  • Época baiza, entre outubro e abril: das 9.30 às 17 horas

Localização e como chegar à Lagoa das Furnas em São Miguel

Partindo da zona das caldeiras na Furnas, siga pela rua Formosa por 300 metros, e vire à direita em direção à rua dos Moinhos e EN1-1A. Quando chegar a um cruzamento, com indicação de beco sem saída em frente, vire à esquerda siga por cerca de 2,5kms. Vai passar pela bela estrada de curvas e alguma inclinação até encontrar uma tabuleta com indicação das caldeiras e ai:

  • Vire à direita e siga até ao parque de estacionamento para visitar as caldeiras
  • Ou siga em frente, até encontrar um parque de estacionamento do seu lado esquerdo, próximo da Capela.

Subscreva a nossa Newsletter

Booking.com