As plantações e fábrica de chá em São Miguel figuram entre as muitas atrações que a ilha oferece aos seus visitantes. A produção de chá preto e chá verde, que se iniciaram no século XVIII com a introdução das plantas vindas do Brasil, são hoje uma industria eminentemente turística. A fábrica Gorreana recebe, nos dias de hoje, dezenas de milhares de visitantes.

plantações e fábrica de chá em são miguel

A principal fabrica de chá em São Miguel, e que atrai mais visitantes e turista, beneficia da paisagem criada pelos campos de plantação. As encostas verdejantes, que parecem tiradas de um quadro, são realmente belas. Esse é, na verdade, o grande interesse turístico do local.

Mas, para além disso, a fábrica possui um pequeno museu, onde há lugar à prova de chás  outros produtos locais, onde é possível conhecer um pouco melhor a história dos Açores e, para aqueles que procuram um souvenir poderá ser uma boa oportunidade.

Fábrica de chá de são miguel

Para quem procura apenas natureza e paisagens, é possível usufruir do belo cenário criado pelas plantações a partir da estrada.

Horários da Fábrica

Durante o verão é possível visitá-la entre as 9 e as 18 horas. No inverno fecha uma hora mais cedo, às 17 horas.

Como chegar à Gorreana, a fábrica de chá em São Miguel

Esta plantação de chá fica na Maia a 12 quilómetros da Ribeira Grande, o concelho a que pertence. Partido desta cidade basta seguir pela estrada N1-A1, por cerca de 15 minutos, sempre a direito, em direção à Maia e, pouco depois de São Brás, vamos encontrar a fábrica à nossa esquerda. Logo ali, a partir da estrada, poderemos ver, do nosso lado direito as plantações. Não há que enganar.

Subscreva a nossa Newsletter

Booking.com