Old Delhi é uma zona histórica e frenética da cidade e a mais popular para quem visita a capital indiana. Um emaranhado de ruas e ruelas que surgiu no século VXII, como uma cidade fortificada, quando se deu a transição de capital de Agra para Shahjahanabad, que hoje conhecemos como Nova Deli.

old delhi

Esta zona da cidade concentra as principais atrações turísticas, como o Red Fort, a Jama Masjid, mercados e muito comércio. Faz todo o sentido explorá-la para conhecer um pouco do lado mais profundamente louco, porém mais imersivo, de Nova Deli.

old delhi

À parte dos grandes cartões de visita, a zona consiste num labirinto de ruas. Zonas como o popular Chandni Chow, estão repletas de comércio de têxteis, especiarias, antiguidades, comida e tudo o que se possa imaginar. É um local para explorar caminhando, enquanto absorvermos um “mar” de cheiros e cores, que nos inundam os sentidos.

Mas nem tudo são rosas. Devemos ir preparados. Tudo aquilo que torna Old Delhi singular, não poderia ser mais distante da nossa realidade. Dos cheiros, ao barulho, da multidão em movimento aos olhares, da sujidade às cores vivas. Old Delhi é absolutamente surreal e poderá mesmo ser um pouco surreal “demais” para alguns turistas. O choque é tremendo. Foi o que sentimos, apesar das nossas passagens por outros países asiáticos, como a Indonésia, o Cambodja e a Tailândia. A Índia é um país “forte”.

old delhi india

A nossa experiência em Old Delhi, talvez pela nossa forma de viajar e por todo o contexto daquele dia, foi muito desencontrada das nossas expectativas. Tínhamos acabado de chegar à Índia no dia anterior. Estávamos na Jama Masjid, com as malas às costas, e decidimos entrar na rua à frente, a maior e mais movimentada. A primeira sensação que nos assaltou foi a de sermos o centro das atenções. Parecia impossível passar por alguém sem se ser notado. A segunda sensação foi de surpresa. Não havia turistas! Na realidade, nessa altura, tendo todos os nossos pertences connosco e estando meio perdidos, senti-mo-nos bastante vulneráveis.

Old Delhi street

Olhando para trás, e pensando em tudo o que vimos na Índia, pensamos que uma visita a Old Delhi apenas faz sentido enquadrada num programa mais abrangente. Uma manhã ou uma tarde que inclua, também, uma visita ao Red Fort e à mesquita.

De qualquer forma, para aqueles que sentem um apelo maior por este tipo de locais, valerá sempre a pena pela singularidade da zona. Já para viajantes menos experientes, e que não se sintam tão à vontade em locais mais “extremos”, recomendamos contratar um tour para explorar a zona de Old Delhi de forma mais tranquila e programada.

Ressalvamos que, antes de mais, devemos estar preparados para um ambiente e cenários avassaladores, principalmente ser foi o primeiro dia na Índia. Devemos levar calçado razoável e fechado, para não passarmos o dia, de chinelo, com o pé na poça.. sabe-se lá do quê. As mulheres, para tentarem passar um pouco mais despercebidas, devem evitar decotes e saias. Mesmo assim, tendo esse cuidado, não será tarefa fácil evitar os olhares invasivos dos locais.

Old Delhi stall

Localização e como ir a Old Delhi

Para chegar à cidade velha, como não é novidade, o transito é absolutamente caótico, sendo fácil perder horas a fio num carro. Por isso, a forma mais rápida para lá chegar, com menos possibilidades de imprevistos, será apanhar o metro, na linha Delhi Metro Heritage Line, até à Jama Masjid Metro Station. A partir dai explorar a pé ou de rickshaw.

No nosso caso, que vínhamos de Paharganj com malas, e dali seguíamos para o aeroporto, contratámos um Uber. Não pagámos muito, cerca de 100 rupias (R$5/ 1,26€), O condutor deixou-nos a alguns 500 metros da mesquita.

Segue-nos nas redes sociais

SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER

Preparar a sua viagem, com os nossos programas de afiliados, é a forma de apoiar o nosso projeto e contribuir para que este continue a crescer.  Realizar uma reserva através destes programas, seja a reserva de um hotel através do Booking, um seguro da World Nomads, a reserva de um voo, etc., significa que a Backpackers Bay recebe uma comissão, sem você que pague mais pelo serviço contratado.

Os programas de afiliados que selecionamos e que referimos abaixo, ou nos nossos artigos, são agentes credíveis a que recorremos na preparação das nossas próprias viagens e que, acreditamos, estão entre as melhores opções no mercado das viagens.

Esperamos, com as nossas dicas e indicação de agentes, contribuir para que cada leitor tenha umas ferias ainda melhores.

Reserve o seu voo com a Edreams ou a Rumbo.

Reserve o seu hotel através do Booking ou a Edreams

Faça o seu seguro de viagem com a World Nomads.

Alugue o seu carro com a Europcar.

Encontre os melhores tours, em qualquer canto do mundo, no Getyourguide.