O Chatuchak market é o maior entre os mercados de Bangkok. Absolutamente imenso, conta com mais de 8000 bancas de venda, tornou-se num dos mais populares do Sudoeste asiático e num ponto de passagem obrigatório para quem visita a capital tailandesa.

Num fim-de-semana normal costuma receber mais de 100.000 visitantes, que deambulam pelas ruas cruzadas, repletas de distrações, onde é fácil perder-mo-nos por horas.

chatuchak market Bangkok cc Lisheng chang

Para quem o visita pela primeira vez, o horizonte aparentemente interminável de bancas pode parecer demasiado confuso. Mas na verdade, tendo em conta a dimensão “astronómica” do mercado, é relativamente fácil explorá-lo.

O Chatuchak Market conta com uma rua principal, uma rua circular que dá a volta a todo o complexo de bancas de vendas. A partir desta rua podemos aceder às 27 secções que constituem o mercado.

Apesar de dividido em secções, não vale a pena esperar que o tipo de coisas que vamos encontrar à venda, estejam organizados de acordo. Seria suposto mas está tudo um pouco misturado.

No Chatuchak Market vende-se de tudo um pouco

Ali pouco ou nada falta. Podemos encontrar à venda réplicas das famosas mascaras de bailado tailandês (Khon), réplicas de Benjarong, a porcelana real da Tailândia, ou qualquer outra coisa que possamos imaginar. Roupa, cerâmica, mobiliário, antiguidades, livros, plantas e até mesmo animais exóticos, como jibóias e afins.

Apesar disso, e da sua dimensão, os produtos no Chatuchak Market nem sempre têm os melhores preços. O facto de se ter tornado numa atração turística provocou uma inflação considerável dos preços. Isto é particularmente notório quando comparamos os valores ali praticados com os preços que encontramos noutros mercados, não tão populares.

Se mesmo assim estivermos decididos a comprar alguma coisa, é bom ter uma coisa em mente. Apenas conseguiremos bons negócios se estivermos preparados para negociar os preços, como quase sempre na Tailândia. Sem paciência, ou com vergonha para regatear, não vamos fazer nenhum negócio a bom preço.>

Se no nosso horizonte estiver uma passagem por Chiang Mai, convém reservar uma boa parte do orçamento que temos para presentes e souvenirs. Nos mercados da capital do Norte da Tailândia vamos encontrar uma oferta semelhante, com preços e negócios bem mais atrativos.

De qualquer forma vale bem a pena visitá-lo, seja pela diversidade, seja pela experiência que proporciona.

Dicas úteis para visitar o mercado Chatuchak

  • Levar dinheiro suficiente, já que os vendedores não aceitam pagamentos com cartão;
  • No caso de levarmos uma mochila, devemos mantê-la à frente para não convidar ladrões e carteiristas que ali têm um contexto perfeito para passarem despercebidos;
  • Devemos levar roupa e calçado confortável, já que ali é possível caminhar quilómetros e passar horas de pé.

Horário do Chatuchak Market e quando ir…

O horário do Chatuchak Market varia bastante de dia para dia. Está aberto aos sábados e domingos das 9 da manhã às 18h00. E, às sextas-feiras, das 18h00 às 24h00. Às quartas e quintas-feiras é possível encontrar algumas bancas abertas, das 7h00 às 18h00.

A melhor altura para ir, independentemente do dia, porque que nem sempre podemos escolher, é de manhã. Nessa altura não tanta gente e o calor não é tão feroz.

Localização e como Chegar

– Apanhamos o Skytrain para Mo Chit Staition, saímos na saída nr.º 1 e seguimos a multidão até encontrarmos as primeiras bancas de venda de roupa. Viramos à direita e vamos encontrar uma pequena entrada que dá para o mercado.
– Também podemos ir de metro, para a estação de metro Chatuchak Park, e saimos na saída nr.º1. Mais uma vez, seguimos a multidão até vermos a pequena entrada que dá para o mercado.
 

Outros artigos sobre atrações em Bangkok

 
 
Booking.com

Para receber novidades sobre destinos de viagem, diretamente no teu email, basta subscrever a nossa newsletter.